Entrevista a Inês Monteiro – Renascer das Cinzas

0
1326

Inês Monteiro não é uma Guarda Runner, é bem mais que isso, atleta de elite nascida e criada na Guarda com um currículo nacional e internacional de fazer inveja.


Medalhada a nível nacional vezes sem conta desde as camadas jovens. Com duas participações nos Jogos Olímpicos (Atenas 2004 e Pequim 2008), várias participações em europeus, mundiais, taças da Europa e liga Europa, Inês Monteio é uma atleta de respeito, mas também de muito trabalho, sofrimento e obstáculos ultrapassados.

Agora após ser mãe em 2015, volta a ‘Renascer’ na época 2016/2017. Regressa ao Sporting para mostrar que está bem viva e pronta para dar o seu melhor!

Fomos falar com a Inês e perceber as suas dificuldades, motivações e objectivos.


Entrevista

Lesões atrás de lesões. O que te arrastou tantos anos para fora das competições?

O que me arrastou para fora das competições, foram precisamente as lesões. Todas elas lesões graves e difíceis de superar.

Como foi gerir emocionalmente esse ciclo negativo?

Foi muito complicado, uma luta psicológica e emocional muito grande. Houve momentos particularmente difíceis de gerir e ultrapassar.

Era um sentimento de revolta e ao mesmo tempo um teste À minha resistência de não desistir

Pensaste desistir? 
Houve momentos para tudo, foram 6 anos a lutar contra lesões graves umas atrás das outras. Quando estava recuperada de uma e iniciava o treino algumas semanas depois surgia outra lesão grave, era muito frustrante. Era um sentimento de revolta e ao mesmo tempo um teste à minha resistência de não desistir.

Porquê a vontade de voltar?! Ainda há objectivos que sentiste que não cumpriste?

Quando um atleta é ambicioso, há sempre objectivos que ficam por cumprir. Se não fossem as lesões tenho a certeza que teria feito muito mais e provavelmente melhor ainda.

Quais as dificuldades quando decidiste voltar?

A maior dificuldade foi sem dúvida vencer o medo de voltar a ter recidivas de lesões. O espirito de sacrifício também teve que ser muito trabalhado para voltar a treinar a ritmos próximos do que estava habituada.

E o futuro? O que te vai trazer o Sporting?

O Sporting é uma equipa com um projecto muito ambicioso e tem a fasquia colocada bastante alta quer a nível nacional quer a nível Internacional. O objectivo passa por estar na linha da frente para que a equipa cumpra os objetivos propostos.

Vamos voltar a ver a Inês nos grandes palcos? Quais os objectivos!?

Apenas prometo trabalho e dedicação!!

Por último, a pergunta da praxe. O que dizem as tuas sapatilhas?

Corre mais depressa!…Ainda não chega para alcançares as estrelas!!!


Obrigada Inês! Desejos de uma época de sucessos e alegrias!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here